23 de abr de 2011


Na cruz, Cristo encontra-se no ápice do poder. 
Exatamente porque Ele se encontra no auge do amor! 
Todo o verdadeiro amor gera o sacrifício mas nem todo o sacrifício gera o amor. Deus não é sacrifício. Deus é Amor. E porque é amor tornou-Se sacrifício. Jubiloso.
A finalidade da Semana Santa consiste em receber o dom de misericórdia de Deus — dom que recebemos na medida em que lhe abrimos nosso coração, lançando fora o que não pode permanecer juntamente com a misericórdia.
Uma das primeiras coisas que devemos lançar fora é o temor. O temor estreita ainda mais a pequena entrada de nosso coração, diminui nossa capacidade de amar. Resfria nossa capacidade de nos darmos. Se estivéssemos aterrorizados diante de Deus como diante de um juiz inexorável, não esperaríamos, confiantes, sua misericórdia, nem nos aproximaríamos dele confiantemente, na oração. Nossa paz, nossa alegria são uma garantia da graça.
E não há outro caminho para alcançar a paz, senão o do pleno abandono à vontade de Deus, isto é, ao Seu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário